20 Novembro 2017

Sínodo 2018, os jovens da Terra Santa em confronto

Os jovens católicos da Terra Santa participaram de um encontro de preparação à Festa de Cristo Rei e ao Sínodo dos Bispos 2018.

Os cristãos na Terra Santa

Loading the player...
Embed Code  

Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Copy the code below and paste it into your blog or website.
<iframe width="640" height="360" src="https://www.cmc-terrasanta.org/embed/sinodo-2018-os-jovens-da-terra-santa-em-confronto-13828"></iframe>
Solicite Vídeo de Alta Qualidade
Por favor, envie um email para :
info@cmc-terrasanta.org

Assunto: Pedido de Vídeo de Alta Qualidade

Mensagem:
Arquivo Pessoal / promoção CMC / TV Broadcasting

http://www.cmc-terrasanta.org/pt/video/os-cristaos-na-terra-santa-2/sinodo-2018-os-jovens-da-terra-santa-em-confronto-13828.html

Nenhuma parte deste vídeo podem ser editadas ou disseminada sem um acordo com antecedência com o Christian Media Center acordarem os termos e condições de publicação e distribuição.
Um Sínodo dos Bispos em 2018 todo dedicado a eles: os jovens. A partir do tema “os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, os jovens da Terra Santa “se colocaram a caminho” em preparação ao evento sinodal.

Pe. ABDEL-MASIH FAHIM, ofm
Pároco de Ramleh

Os jovens são a esperança do futuro e representam a Igreja de amanhã... Portanto, é muito importante que para eles a estrada seja clara e que o futuro seja o mesmo ... A Igreja prepara os jovens, especialmente para o próximo Sínodo, para ajudá-los a distinguir as vozes no mundo. Devemos orientá-los para que eles possam distinguir entre a diversas vocações e assim reconhecer a importância do chamado e que é Deus quem chama a todos.

SUHEILA AL QALQ
Ramleh

Fizemos muitos preparativos durante várias semanas para decidir sobre os eventos do encontro... e cada um de nós teve um papel específico ... É muito importante participar ... há perguntas às quais não conseguimos encontrar respostas ...

Uma oportunidade de encontro mas também de oração e reflexão para os cerca de 200 jovens que vieram de várias cidades no norte da Terra Santa, no sábado que precede a Festa de Cristo Rei, Senhor do Tempo e da História, início e fim de todas as coisas.
Reunidos em Ramleh, transcorreram um dia de formação e espiritualidade.

MICHEL HELOU
Nazaré

Este é o segundo ano em que participo da celebração da Festa de Cristo Rei do Universo. Aqui ouvimos histórias de várias vocações de muitas pessoas, conhecemos o seu modo de vida. Aqui as pessoas se encontram e se familiarizam.
Viemos em 25 de Nazaré. É tão bom poder unir-se ao resto dos jovens da Terra Santa e trabalhar juntos para que possamos ser um.

Mons. HANNA KILDANI
Vigário Geral Patriarcado latino para Israel

Nosso papel como igreja, como sociedade e como família é amar esses jovens homens e mulheres ... eles são nossos filhos e são o futuro da Igreja. Nosso papel é ajudá-los a entender quais são suas tendências e o que eles podem fazer.
Deus é aquele que está desenvolvendo a vocação de cada um deles; é Ele que nos acompanha ao longo de nossas vidas. Cristo é nosso maior companheiro.

Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. (Gen 12: 1).
“Essas palavras, convida o Santo Padre na carta escrita por ocasião da apresentação do documento preparatório, são hoje dirigidas também a vocês: são palavras de um Pai que convida vocês a “saírem” para se lançarem em direção de um futuro desconhecido, mas portador de seguras realizações, encontro ao qual ele próprio os acompanha”.

Pe. ABDEL-MASIH FAHIM, ofm
Pároco de Ramleh

O Papa quer transmitir uma mensagem aos jovens: devem ser um exemplo, devem saber como viver hoje, como escolher seu futuro e como se tornar um modelo para todas as outras sociedades. Se tivermos jovens conscientes, teremos uma igreja viva que chama e prega a todo ser humano sobre a Terra.